Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

‘Pulou do barco?’ Menezes critica vandalismo feito em Brasília

Agora o vandalismo, a quebradeira como aconteceu ontem, isso também está fora do espectro e temos que condenar essas ações”, criticou Menezes.
Foto: Divulgação

 

O coronel da reserva do Exército Brasileiro, Alfredo Menezes (PL), criticou veementemente as ações de vandalismo ocorrido na Praça dos Três Poderes, em Brasília, nesse domingo, 8. Em entrevista ao programa do jornalista Jeferson Coronel desta segunda-feira, 9, Menezes reafirmou ser oposição ao atual governo e que é preciso encontrar mecanismo dentro do estado de direito para fazer uma oposição construtiva e não com ações de vandalismo.

“Antes de ser bolsonaristas, somos brasileiros e patriotas. E o ex-presidente Bolsonaro resgatou o sentimento de nação e amor a pátria, de pertencimento. Toda manifestação em prol da liberdade, dentro do estado democrático de direito, é válida. Agora o vandalismo, a quebradeira como aconteceu ontem, isso também está fora do espectro e temos que condenar essas ações”, criticou Menezes.

De acordo com o militar da reserva, é preciso ter muita serenidade para que um lado não consiga incitar o outro lado com ações que visem escalar uma crise que chegou ao ponto de ontem. “Foi uma repercussão internacional negativa. Trabalhei na OEA e na ONU, nos Estados Unidos, e há uma diferença grande entre uma imagem de terror e vandalismo. E o que aconteceu ontem foi vandalismo onde o estado, o governador, e o Congresso Nacional teve sua parcela de culpa”, opinou.

Ao final da entrevista Menezes foi perguntando sobre suas pretensões políticas para 2024 e afirmou que a costura está sendo feita pelo presidente do Partido Liberal (PL) no Amazonas, Alfredo Nascimento, e que tudo está nas mãos do povo e na de Deus.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *