Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

Ibama multou em R$ 1 milhão empresário bolsonarista denunciado por assédio eleitoral

Paralelamente à aplicação da multa pelo Ibama, José Ademar Gerhardt cometia assédio eleitoral contra seus funcionários, em Santo Cristo (RS)
Foto: Divulgação

Investigado por assédio eleitoral durante a campanha deste ano, o empresário bolsonarista José Ademar Gerhardt (foto em destaque) foi multado em R$ 1,01 milhão pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A autuação foi registrada no fim de 2022 no site do Ibama.

De acordo com o sistema, a sanção foi aplicada uma vez que o empresário teria feito uma obra, em Santo Cristo, no Rio Grande do Sul, considerada “efetiva ou potencialmente poluidora sem licença ou autorização dos órgãos ambientais competentes”.

Gerhardt já havia sido multado em R$ 7 mil pelo Ibama, ainda no ano passado, por desmatar 0,56 hectares da Mata Atlântica.

Esse mesmo empresário assinou Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho (MPT) após sugerir a possibilidade de corte de 30% de pessoal caso Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganhasse as eleições.

O caso foi denunciado ao MPT em 19 de outubro, ou seja, entre o primeiro e o segundo turnos das eleições passadas. Lula saiu vencedor da disputa.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *