Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Bastidores

Grupo de Transição avalia criar pasta voltada à agricultura familiar

Afirmação é do deputado e coordenador do GT voltado à área, Pedro Uczai; Ministério seria nos moldes do antigo Desenvolvimento Agrário
Foto: Divulgação

Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (25/11), Pedro Uczai (PT-SC, foto em destaque), deputado federal e coordenador do GT de Desenvolvimento Agrário no Gabinete de Transição, afirmou que o grupo concluiu que há a necessidade de reconstituir um novo ministério, semelhante ao antigo Desenvolvimento Agrário, mas sem esse nome, voltado à agricultura familiar.

“É possível, a partir desta transição, complementar e de forma paralela coexistir o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com um novo ministério que possa ter o cuidado com o meio ambiente e a produção de alimento para cumprir essa missão do presidente Lula de atender à necessidade de alimento para o nosso povo brasileiro”, anunciou o parlamentar.

Uczai não deixou claro se o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deu o aval à ideia, mas garantiu que a sugestão estará no relatório de conselhos da transição para o novo  mandatário.

“Nós estamos estruturando o novo ministério, não para criar cargos, mas para efetivamente produzir o que mais precisa e define a sociedade nesse próximo período: produzir para diminuir a inflação de alimento, para diminuir a carestia de alimento e enfrentar a fome do povo brasileiro.”

Pasta extinta

Os governos do PT sempre mantiveram a pasta, voltada às necessidades do pequeno agricultor em programas como o Pronaf e outros meios de desenvolvimento. O último ministro a ocupá-la foi o deputado mineiro Patrus Ananias (MG). O governo de Jair Bolsonaro extinguiu a pasta, mantendo apenas o Ministério da Agricultura.

Durante a campanha eleitoral, em setembro, Lula prometeu recriar o Ministério do Desenvolvimento Agrário. A promessa foi feita durante encontro com cooperativas no Armazém do Campo, em São Paulo – o local funciona como galpão e loja de itens produzidos pelo Movimento Sem-Terra (MST).

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *