Bi Garcia é condenado por irregularidades em contrato de mais de meio milhão

Bi Garcia é condenado por irregularidades em contrato de mais de meio milhão

O prefeito de Parintins, cidade distante 369 quilômetros de Manaus, Bi Garcia (DEM), foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por irregularidades em contrato de mais de meio milhão.

De acordo com o TCU, o contrato foi assinado em 2011, e envolveu recursos federais, direcionados para construção de uma Mini Vila Olímpica no município.

A informação consta no Diário Eletrônico do TCU do último dia 14.

A tomada de conta especial foi ingressada pela Caixa Econômica Federal, em desfavor de Frank Luiz da Cunha Garcia, em razão da execução parcial do objeto do contrato de repasse n º 315.778-66/2010

Bi Garcia foi condenado ao pagamento das parcelas firmadas junto ao Ministério do Esporte com atualização monetária e acrescida dos juros de mora, nos valores de R$ 76.411,22, R$ 197.920,22 e R$ 177.211,85.

Os conselheiros do TCU também resolveram aplicar multa de R$ 75 mil ao prefeito Bi Garcia.

 

Da redação 

Foto: Divulgação