Alegando ‘segurança’, presidente do Senado adia CPI da Pandemia

Alegando ‘segurança’, presidente do Senado adia CPI da Pandemia

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), alegando “segurança”, adiou a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, prevista para acontecer nesta quarta-feira, 20, para a próxima terça-feira, 27.

A decisão desagradou a ala independente no Senado Federal.

Escolhido presidente da CPI, o senador Omar Aziz (PSD-AM), não soube detalhar o motivo do adiamento.