Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

Zagueiro que machucou Neymar recebeu o apelido de El Loco por Higuaín

O sérvio deu um forte carrinho em Neymar e o tirou do jogo; desde o início de sua carreira, o beque é conhecido por sua agressividade
Foto: Divulgação

Neymar foi um dos destaques da estreia da Seleção Brasileira no Catar. Entretanto, o craque sofreu um forte carrinho de Nikola Milenkovic e precisou deixar o campo de jogo no segundo tempo por conta da dor no tornozelo direito. O jovem de 25 anos da Sérvia é conhecido por sua agressividade e foi apelidado de El Loco pelo ex-jogador argentino Gonzalo Higuaín.

Na época em que jogava pela Juventus-ITA, o atacante enfrentou o algoz de Neymar, que defende as cores da Fiorentina. Durante o confronto, Milenkovic deu uma entrada dura no croata Mario Mandzukic, companheiro de ataque de Higuaín. Imediatamente, o argentino exclamou: “Ele é louco, é um louco!”.

Uma página de torcedores da Fiorentina falou apostou em um bom futuro para o zagueiro sérvio, mas fez uma ressalva sobre o temperamento “esquentado” de Milenkovic. No Tuttomercatoweb foi ainda mais além e teceu uma série de críticas ao jovem. “Roxo louco” foi a alcunha criada pelo periódico, que ainda afirmou que “dizer que a entrada foi dura é subestimar o lance”

Por conta de seus 1,95m, o jogador recebeu o apelido de “Bleki”, um herói de histórias em quadrinhos de faroeste Italiano.

Neymar lesiona

Após Neymar Jr. abandonar o jogo de estreia do Brasil desta quinta-feira (24/11) com uma lesão no tornozelo, o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, falou sobre a condição de saúde do jogador. Com o próximo jogo marcado para acontecer na segunda-feira (28/11), o camisa 10 de Tite vira dúvida para a partida.

Segundo o médico, o atacante sofreu uma “entorse do tornozelo direito”. Com o trauma, o craque também sofreu um inchaço no local e teve seu tratamento iniciado ainda dentro de campo.

O profissional ainda disse que Neymar já iniciou com fisioterapia e que é necessário aguardar entre 24h e 48h para ter uma “ideia mais clara sobre situação do jogador”. Até o momento, nenhum exame foi feito e só será realizado em caso de necessidade.

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − cinco =