Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

Presos do Compaj-Fechado participam de aula de música

Presos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj-Fechado), participam nesta quinta-feira (15), do Projeto Harmonizar – Aulas de Canto. O projeto é desenvolvido através de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a cogestora das unidades prisionais no Amazonas, a Umanizzare Gestão Prisional.

De acordo com gerente técnico do Compaj, Antônio Valdecir, o professor de canto vem toda semana, às quintas-feiras, e se reúne em um espaço destinado a atividade, com os reeducandos na unidade prisional.

“Os reeducandos estão trabalhando no processo de construção de um coral. O professor de música ainda está conhecendo o potencial de cada componente”, disse o gerente técnico.

Antônio Valdecir explica que os reeducandos são bem receptivos, e por muitos serem vinculados ao culto evangélicos, que acontece dentro da unidade prisional, optam por louvores e criam um pouco de resistência a outros estilos musicais, como MPB e sertanejo.

O gerente técnico explica que o projeto tem o objetivo de tirar as pessoas, que tiveram a liberdade privada, da ociosidade e promover um momento de interação e companheirismo. “Todos se respeitam, mostram interesse e perspectiva de mudança. A dedicação deles nos projetos é uma realização de todos os profissionais envolvidos. Sabemos que estamos fazendo a diferença na vida dessas pessoas”, argumentou Antônio.

Conforme Antônio, a música expressa o que não pode ser dito em palavras. É a arte de manifestar os diversos afetos ou descobrir a paixão em forma de melodias.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =