Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Política

Câmara de Alvarães é investigada por falta de transparência e superfaturamento em passagens

Contratação no valor de R$ 150.000,00 em passagens fluviais pela Câmara de Alvarães

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) instaurou Procedimento Preparatório nº 123.2022.000003, para apurar suposta improbidade administrativa, em razão da ausência de transparência e indícios de superfaturamento na contratação de passagens fluviais em face da Câmara Municipal de Alvarães, a 531 quilômetros de Manaus, neste ano.

A informação foi divulgada no Diário Oficial do MPAM. O documento tem assinatura eletrônica do promotor de Justiça Gustavo Van Der Laars.

No documento, o promotor de Justiça as informações contidas na Notícia de Fato nº 123.2022.000003 (MP Virtual), instaurada após narrativa da suposta contratação no valor de R$ 150.000,00 em passagens fluviais pela Câmara de Alvarães, além da ausência da atualização do portal da transparência pelo referido órgão.

Documento completo aqui

Imagem: Reprodução/MPAM

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 − 2 =