Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manaus,

Dia a Dia

Amazonas aprova 720 unidades habitacionais na primeira fase do ‘Minha Casa Minha Vida’

Estado tem prazo de 150 dias para viabilizar os projetos junto à Caixa Econômica Federal.
Foto: Alex Pazuello/Secom

O Amazonas aprovou 720 unidades na primeira fase do “Minha Casa Minha Vida”. O Estado tem prazo de 150 dias para viabilizar os projetos junto à Caixa Econômica Federal.

As 720 unidades habitacionais serão construídas em parceria com o projeto estadual “Amazonas Meu Lar”. O Estado vai receber recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), por meio do Minha Casa Minha Vida (MCMV), programa do governo federal.

Para todo o Estado, incluindo projetos apresentados pelas Prefeituras Municipais e a iniciativa privada, foi autorizada a construção de 6.350 unidades habitacionais com recursos do FAR.

No Estado, os projetos estão sendo desenvolvidos pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb) e a Superintendência de Habitação (Suhab)

“As equipes da Sedurb e da Suhab já estão montando um plano de ação e trabalhando para a finalização dos projetos que o Estado vai tocar por meio do Amazonas Meu Lar. Também vamos atuar em paralelo, na busca da autorização junto à Assembleia Legislativa do Amazonas, para a doação dos terrenos que pertencem ao Estado”, disse o secretário da Sedurb, engenheiro civil Marcellus Campêlo.

A primeira seleção de propostas do MCMV foi para a Faixa 1, destinada às famílias com renda bruta mensal de até R$ 2.640. Pela Sedurb, dois projetos de habitacionais estão sendo trabalhados – um no bairro Novo Aleixo e outro em Petrópolis, em Manaus.

Pela Suhab, são quatro: Conjunto Cidadão 10, Edifício da Receita Federal, área Remascente na Ponte Rio Negro, e o Conjunto Habitacional Alvorada, totalizando seis projetos, com 720 unidades habitacionais.

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *