Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Política

Wilson Lima é contra a Bolsa Família de Amazonino

Amazonino explicou que o dinheiro para o Bolsa Família Estadual sairá do crédito presumido do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do gás natural que a Petrobras tira do Amazonas, no campo de petróleo de Coari. 

Da Redação 

O candidato ao governo do Amazonas pelo PSC, o radialista Wilson Lima, defendeu, em debate na TV Tiradentes, nesta segunda-feira, que a prioridade de pagamentos do Estado seja para as empresas fornecedoras e criticou a proposta do candidato pela coligação ‘Eu Voto no Amazonas’, Amazonino Mendes, que vai criar o progarma Bolsa Família Estadual, já no ano que vem. Wilson se disse preocupado com quanto seria gasto com o programa para ajudar as família pobres e que o dinheiro seria melhor aplicado se fosse para os empresários fornecedores do Estado.

“Candidato, você fala sobre esta Bolsa e eu fico preocupado quanto isso vai custar e quero que o senhor explique de onde vai tirar este dinheiro. O orçamento do Estado tem sido comprometido de forma muito severa, muito perigosa. Como vai pagar os fornecedores? Os fornecedores vão ter calote. )…) Quanto vai sobrar para os fornecedores? Isso é irresponsabilidade”, criticou Wilson Lima, demonstrando que é contra o Bolsa Família Estadual.

Amazonino explicou que o dinheiro para o Bolsa Família Estadual sairá do crédito presumido do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do gás natural que a Petrobras tira do Amazonas, no campo de petróleo de Coari. “Ela (Petrobras) está devendo e tem que pagar. Basta a Assembleia aprovar. São mais de R$ 200 milhões. Eu sei o que eu faço”, disse Amazonino, defendendo o seu projeto para ajudar as famílias pobres e os desempregados.

O assunto foi colocado no debate quando Amazonino apresentou sua proposta para ajudar as pessoas que estão sofrendo com a crise econômica que atingiu todo o Pais. “A solução já está posta: distribuir recursos para as crianças não morrerem de inanição e os pais poderem pegar ônibus em busca de emprego. Fui pioneiro do Bolsa Família. Criei o cartão Direito à Vida. Eu sei como fazer: vou criar o Bolsa Família Estadual para o povo desempregado. Na prefeitura (de Manaus), fiz o Bolsa Família Municipal. Isso dá resultado imediato. Paralelo a isso, tem o trabalho normal de governo, incrementar a produção, fomentar as atividades econômicas para gerar mais oportunidades de emprego e renda. Isso eu faço normalmente. Mas ,a questão é de urgência”, disse o governador.

Foto: Divulgação 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

nove + 9 =