Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manchete

Vereador cobra Mesa Diretora sobre denúncias de extorsão envolvendo TCE  

De acordo com o vereador Eduardo Alfaia, o colega Amom utilizava a relação em tribunal para obter apoio político e eleitoral. 

O vereador Eduardo Alfaia (PMN) cobrou nesta segunda-feira, 7, um posicionamento da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), sobre as denúncias envolvendo uma possível extorsão do vereador Amom Mandel (Cidadania) utilizando de relação com conselheiro do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE).

De acordo com o vereador Eduardo Alfaia, o colega Amon utilizava a relação com o tribunal para obter apoio político e eleitoral.

O vereador pediu punição dos envolvidos e clamou por justiça. 

A denúncia foi trazida a público pelo colega de parlamento, Rodrigo Guedes, durante a sessão plenária na segunda-feira, 31.

Guedes disse que Amom tem no celular pessoal, uma lista de processos do TCE, que políticos, gestores e ex-gestores públicos respondem no Tribunal. Segundo ele, o vereador do Cidadania a utiliza para obter apoio político. Em caso positivo, oferece “ajuda” para que o parecer do processo seja favorável ao “novo aliado”.

Eduardo Alfaia também cobrou a Mesa sobre a denúncia de utilização da Cota para Atividade Parlamentar (Ceap), o “Cotão”, para patrocinar a disseminação de Fake News contra os vereadores. 

“Se isso for provado, no mínimo, os envolvidos devem ser punidos por comunicação caluniosa”, disse Eduardo. 

Amom afirmou que o colega Rodrigo Guedes (Republicanos) pagou uma empresa suspeita para patrocinar Fake News.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + seis =