Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Economia

Venezuela e Cuba ainda devem US$ 529 milhões ao Brasil de empréstimos do BNDES

Mesmo o total já quitado não foi pago por Cuba e Venezuela, que acabaram dando o calote
Miguel Ângelo/Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Venezuela e Cuba ainda devem US$ 529 milhões, o que equivalente a 25% do total emprestado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aos dois países nos governos Lula e Dilma, apontam dados disponíveis na página do banco estatal.

Mesmo o total já quitado não foi pago por Cuba e Venezuela, que acabaram dando o calote. O BNDES precisou acionar as garantias para receber. Os empréstimos foram pagos pelo Fundo de Garantia à Exportação (FGE), que é custeado pelo Tesouro.

Em reunião nesta segunda-feira (23) com o presidente argentino, Alberto Fernandez, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o governo brasileiro pretende retomar os financiamentos de serviços de engenharia pelo BNDES, que foram interrompidos após os escândalos de corrupção revelados pela Operação Lava Jato.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *