Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Bastidores

TSE veta registro de candidatura à Presidência de Pablo Marçal

É o segundo registro reprovado pela Corte na corrida eleitoral deste ano; o primeiro foi o de Roberto Jefferson
Reprodução/Instagram

Pablo Marçal (Pros) teve o seu registro de candidatura à Presidência da República reprovado pelo  TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta terça-feira (6). Fátima Aparecida dos Santos de Souza, que seria a vice de Marçal, também teve o registro vetado.

Em decisão unânime, os ministros da corte anularam a convenção partidária do Pros, realizada no dia 31 de julho. A decisão do TSE corrobora com o que ficou decidido pela atual cúpula do partido, que retirou a candidatura do influenciador e empresário.

O Partido Republicano da ordem Social enfrenta uma divisão interna que chegou até a Justiça, dado que uma ala, que está no comando do partido atualmente, apoia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e a outra defende a candidatura própria de Marçal.

Esta é a segunda candidatura vetada pelo TSE. Na última quinta-feira, a Corte negou o registro de Roberto Jefferson (PTB), uma vez que ele está inelegível em razão da condenação que sofreu no processo do mensalão. Em seu lugar, foi feito o pedido de registro de candidatura de seu vice, Padre Kelmon, que será analisado nesta quinta.

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =