Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manaus,

Dia a Dia

Sobrevivente de queda de avião no AC é transferida para hospital no AM na madrugada desta sexta-feira (22)

Biomédica Amélia Cristina Rocha Marques aguardava melhora clínica para poder viajar. Acidente ocorreu na última segunda-feira (18) em Manoel Urbano.
transferencia-sobrevivente-aviao-scaled
Foto: agazetadoacre

A biomédica Amélia Cristina Rocha Marques, de 28 anos, uma das passageiras que estava na aeronave que caiu em Manoel Urbano, interior do Acre, na última segunda-feira (18), foi transferida na madrugada desta sexta-feira (22) para um hospital especializado em queimados no Amazonas.

A informação foi confirmada ao g1 pela gerência do Complexo Regulador do Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

Contexto: Sete pessoas estavam a bordo da aeronave, incluindo o piloto, sendo quatro homens e três mulheres, que estavam seguindo para a cidade de Santa Rosa do Purus, distante 150 km do município de onde decolaram. Sidney Estuardo Hoyle Vega, comerciante de nacionalidade peruana, morreu no acidente, no final da manhã de segunda, e outras seis pessoas ficaram feridas, sendo que duas estão entubadas.

O avião Cessna Skylane 182 tinha capacidade para transportar, no máximo, quatro pessoas. Entretanto, seis passageiros e o piloto estavam dentro da aeronave no momento da queda. Além disso, a aeronave não tinha autorização para atuar como táxi aéreo. Veja detalhes abaixo.

A sobrevivente estava internada na unidade de terapia intensiva do Pronto Socorro de Rio Branco desde a noite de segunda e aguardava melhora clínica para poder ser trasnferida à uma unidade especializada, já que no Acre não há local próprio para esse tipo de tratamento.

No acidente, Amélia teve 70% do corpo queimado. O voo que vai levar a mulher deve sair de Rio Branco às 3h30 (horário local) e chegar em Manaus às 8h10 (horário local).

Quem ainda deve aguardar transferência é a comerciante Suanne Camelo, 30 anos, que ainda não está em condições, segundo a direção do PS. A família dela, que teve 80% do corpo queimado no acidente e segue entubada, iniciou uma campanha para doação de sangue.

Irmã pede orações para Amélia — Foto: Reprodução

Irmã pede orações para Amélia — Foto: Reprodução

Família pede orações

Em uma rede social a irmã de Amélia, Cristiane Marques, fez uma postagem sobre a transferência e pediu orações para a jovem. Ela disse ainda que a biomédica será acompanhada por um irmão na viagem.

“Peço que orem pela viagem dela e que Deus continue agindo. Continuamos crendo e contemplando o milagre de Deus. Orem também pelas outras vítimas deste acidente”, disse.

Amélia mandou mensagem à amiga dizendo que estava com medo — Foto: Arquivo pessoal

Amélia mandou mensagem à amiga dizendo que estava com medo — Foto: Arquivo pessoal

‘Com medo’

Pouco antes de embarcar no avião, Amélia chegou a dizer para uma amiga que estava com medo da viagem. Amiga de Amélia e do marido dela, o dentista Bruno Fernando dos Santos, que também estava no voo, a operadora de áudio Roberta Maria contou ao g1 sobre a conversa que teve com a vítima.

“Antes dela decolar, ela me mandou uma mensagem falando que já tava em Manoel Urbano e se preparava para decolar. Aí eu perguntei se ela tava bem, ela disse que tava com um pouco de medo”, conta Roberta, que tentou acalmar a amiga.

A biomédica estava de mudança para Santa Rosa do Purus para ficar mais perto do marido que trabalha em uma unidade de saúde no município isolado.

Estado dos sobreviventes

 

Amélia Cristina, Bruno Fernando, Roney Mendes, Suani Camelo e Mateus Jeferson são cinco dos seis sobreviventes da queda de avião em Manoel Urbano, no Acre — Foto: Arquivo pessoal

Amélia Cristina, Bruno Fernando, Roney Mendes, Suani Camelo e Mateus Jeferson são cinco dos seis sobreviventes da queda de avião em Manoel Urbano, no Acre — Foto: Arquivo pessoal

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *