Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Início

Principal cabo eleitoral de prefeito de Presidente Figueiredo ameaça contar falcatruas durante as eleições do município 

Após ser exonerado, principal cabo eleitoral nas eleições de 2016, do prefeito do município de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendoça, o ex-vereador Maurício Magon, manda áudio para prefeito e ameça contar todas as possíveis irregularidades no processo eleitoral que elegeu Mendonça.

Parte do trecho Magon fala que nunca usou dinheiro roubado do município. E que dou dinheiro para campanha de Mendonça. Em outra parte, ele falou que vai começar a colocar os fatos nas redes sociais. O ex-vereador afirma que em um primeiro vídeo vai falar sobre umas possíveis casa do “Edvar” e de uma pessoa chamada “Hellen” e de recursos federais da casa.

“Eu troquei cheques para o Sr. “Alione” em 2012. Tenho os cheques no meu cofre até hoje. Vou querer o dinheiro dos cheques corrigidos com juros de banco. Eu gastei dinheiro do meu bolso quando fui vereador, vou querer todo meu dinheiro de volta”, disse o ex-vereador.

Reposta

Em resposta, “o prefeito do município de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça, vem a público esclarecer sobre a exoneração do subsecretário de Turismo, Maurício Magom, ocorrida no dia 1º de junho de 2018, pelo não comparecimento do servidor ao trabalho por vários dias consecutivos, sem justificativa, comprometendo o andamento do serviço público.

Sobre o áudio que circula no WhatsApp, em que o ex-secretário se dirige ao chefe do Executivo Municipal com rispidez, alegando ter sido injustiçado, o prefeito reitera que a decisão pela exoneração foi tomada de forma consciente e responsável, embasada nos princípios éticos do funcionalismo público, que são servir e atender às necessidades da população, o que não vinha sendo cumprindo por parte do funcionário.

No que diz respeito à declaração de Maurício Magom, em que ele afirma ser o mais novo opositor da gestão, o prefeito informa, primeiramente, que não se deixará levar por afrontas políticas e que lamenta profundamente ver o ex-secretário, que bem conhece a sua índole e dedicação com a causa pública, se comprometendo em importunar o trabalho da atual administração.

Com relação às supostas doações que o ex-secretário afirma ter feito ao prefeito, no ano de 2012, Romeiro Mendonça esclarece que nunca recebeu nenhum valor de Magom destinado à campanha eleitoral e que é falsa a afirmação de que tenha participado de qualquer negociação relativa a residências de programa federal.

Vale ressaltar, inclusive, que todas as notas e comprovantes de doações recebidas durante campanha foram disponibilizadas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), no período determinado para prestação de contas, conforme ordena a lei. Portanto, não há o que ser questionado nesse sentido, e que Maurício Magom terá que responder na Justiça por todas as inverdades que vem disseminando.

Romeiro Mendonça informa, ainda, que já levou o caso ao conhecimento das autoridades competentes e que medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas para que a verdade prevaleça.

Por fim, o prefeito reafirma o seu compromisso em deixar transparente o trabalho da atual gestão, e reforça que permanecerá à disposição da população para esclarecer qualquer assunto que envolva a administração municipal.

 

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 + 18 =