Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manchete

Primeiro deputado cego do Brasil quer fazer mandato coletivo na Câmara

Felipe perdeu a visão aos 15 anos e passou por 17 cirurgias. Formou-se em engenharia de produção e fez mestrado em políticas públicas em Oxford, na Inglaterra.

Do Congresso Em Foco

Com 84 mil votos, Felipe Rigoni (PSB) foi o segundo deputado federal mais votado do estado do Espírito Santo nas eleições de domingo (7). Com apenas 27 anos e membro de movimentos que incentivam a renovação na política, Felipe representa mais uma novidade: vai ser o primeiro deputado federal cego na história do país.

Felipe perdeu a visão aos 15 anos e passou por 17 cirurgias. Formou-se em engenharia de produção e fez mestrado em políticas públicas em Oxford, na Inglaterra.

Ele conta que quis entrar para política em 2016, quando deixou o Movimento Empresa Júnior (saiba mais abaixo) e trabalhava com coaching e desenvolvimento pessoal. “Eu percebi que, se eu quisesse transformar a vida das pessoas, eu tinha que melhorar a quantidade e qualidade das oportunidades que elas tinham”, disse Felipe ao Congresso em Foco.

“Isso só vai acontecer se a gente mudar a política”, completa.

Para o deputado eleito, a expectativa é fazer um mandato coletivo, próximo das pessoas, e defender reformas como a tributária – que, em sua opinião, é a mais importante para o Brasil hoje.

“Nossa principal expectativa é fazer um mandato compartilhado com as pessoas, assim como foi a campanha”, acrescenta Felipe, que pretende criar um conselho parlamentar para ajudá-lo a tomar decisões e manter contato com os movimentos de renovação.

Leia completo no Congresso em Foco 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.