Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manaus,

Dia a Dia

Prefeitura de Manaus realiza conscientização e prevenção sobre saúde mental aos servidores da Semed

O “Setembro Amarelo” é uma campanha que visa chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas e das instituições.
Foto - Matheus Perdiz / Semed

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realiza, durante este mês, uma programação voltada para a campanha “Setembro Amarelo”, ação de prevenção ao suicídio. Na tarde desta quinta-feira, 14/9, o tema foi abordado por uma psicóloga, especialista da área, com objetivo de melhorar a saúde e a qualidade de vida dos servidores do órgão, com música ambiente e ginástica laboral. 

O “Setembro Amarelo” é uma campanha que visa chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas e das instituições. Vale ressaltar que as campanhas buscam sensibilizar, combater tabus, mudar paradigmas, orientar indivíduos e inspirar autoridades a respeito de importantes questões relacionadas a vida do ser humano, desta forma, fica evidenciado a relevância dos temas trabalhados.

“Esta campanha já consta no plano de ação de saúde da Secretaria Municipal de Educação há um bom tempo, porque sabemos a importância desta mobilização devido ao grande número de afastamento de nossos servidores adoecidos. Então, mais uma vez a secretaria, no intuito de cuidar dos servidores, dos nossos colaboradores, está realizando esse trabalho de prevenção. Por isso, também neste mês de setembro, a gente faz a iluminação aqui na sede, na cor amarela para chamar a atenção de toda a sociedade para esse cuidado com a sua saúde.  Há, também, uma sensibilização nos setores da secretaria, com enfermeiros, profissionais de educação física, assistente social, psicólogos que vão a campo,  junto aos servidores para sensibilizar outros servidores”, destacou a gerente da Gerência de Desenvolvimento do Servidor, Wania Braga, que na oportunidade estava representando a secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida.

A profissional convidada foi a psicóloga Vivian Marangoni. A profissional destacou como ajudar uma pessoa com pensamentos suicídas, possíveis medidas que podem ajudar a prevenir o suicídio, além dos cuidados que é preciso ter com isso. Ela orientou o público a como perceber e para onde encaminhar pessoas com tendências suicidas dentro da rede de atenção social de saúde da Prefeitura de Manaus.

Durante a palestra, ela também parabenizou a secretária por proporcionar a abordagem do tema com seus servidores. “É muito importante que a Semed esteja tendo esta iniciativa, porque assim como qualquer circunstância em saúde, mas principalmente a saúde mental, a gente não consegue fazer sem ajuda de outros setores. E a promoção da saúde mental só é possível fazer de uma maneira intersetorial. Então, quando a gente pensa sobre a importância das escolas, dos educadores, professores, pedagogos estarem preparados pra oferecer alguma forma de escuta, acolhimento e encaminhamento dos casos de crianças e adolescentes que chegam até eles, a gente consegue prevenir muitas questões de saúde mental, inclusive tentativa de suicídio”, frisou a psicóloga.

O evento contou com cerca de 300 pessoas, entre assessores pedagógicos das sete Divisões Distritais Zonais (DDZ) da Semed, educadores e profissionais da sede do órgão. A assessora técnica da DDZ Leste 1, Nancy Said, participou da ação.

“A ação de hoje é importante para divulgar este assunto, que apesar de ser uma realidade na sociedade, eu considero ser pouco divulgado ainda por conta de alguns tabus, infelizmente. Então, vejo a iniciativa como uma ação muito positiva”, ressaltou Nancy.

Dados atuais de suicídio  

Segundo dados da pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019, são registrados mais de 700 mil suicídios em todo o mundo, sem contar com os episódios subnotificados, pois com isso, estima-se mais de 1 milhão de casos. No Brasil, os registros se aproximam de 14 mil casos por ano, ou seja, em média 38 pessoas cometem suicídio por dia.

SEMED – Secretaria Municipal de Educação Assessor Responsável: Alexandre Abreu

Texto – Emerson Santos / Semed

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *