Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

PC apreende carros, motos e drogas em Manacapuru

A operação “Carão” foi deflagrada na manhã de quarta-feira (17/1) e finalizada na manhã desta quinta-feira (18/1). Nos dois dias de ação foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão que resultou nas prisões, em flagrante, de seis pessoas por envolvimento com o tráfico de drogas em Manacapuru.

Presos:
1. Rosenil Duarte Gomes, 43;
2. Sheliam Vitor dos Santos, 31;
3. Reuly Miranda da Silva, 38;
4. Elane Dantas Meireles, 32;
5. Jeremias Brito da Silva, 22;
6. Felipe Lopes de Lima, 19.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo no dia 10 de janeiro deste ano, pela juíza Vanessa Leite Mota, da Comarca de Manacapuru.

A ação faz parte da operação “Alegoria Proibida”, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). De acordo com o delegado-geral adjunto da instituição, Antonio Chicre Neto, o intuito da SSP-AM não é só combater o tráfico de drogas internacional, mas também o tráfico de drogas doméstico em todos os municípios do interior do Estado, pois esse o delito resulta em outros crimes, como roubos, furtos e, também, homicídios. Segundo Antonio Chicre Neto, combatendo essa modalidade do tráfico de entorpecentes, a Polícia Civil diminui as estatísticas no Estado desses outros crimes oriundos do tráfico de drogas doméstico.

Com Rosenil foi apreendida uma porção média de oxi. Com Sheliam foram apreendias duas porções de oxi, uma balança de precisão, R$ 1,075 mil em espécie, além de materiais para embalo de drogas. Na residência de Reuly as equipes encontraram um revólver calibre 38, 15 munições de calibre 38 intactas, e R$ 2.671 mil em espécie. Com Elane foram apreendidas 73 trouxinhas de maconha, seis munições de calibre 38 intactas e R$ 5.083 mil em espécie.

Na casa de Jeremias foram apreendidas 20 trouxinhas de oxi e R$ 57 em espécie. Já com Felipe os policiais encontraram nove trouxinhas de maconha, R$ 94 em espécie, além de uma TV de LCD de 50 polegadas sem nota fiscal, possivelmente, oriunda do tráfico de drogas.

Materiais Apreendidos durante a operação:
Três médias de oxi;
105 trouxinhas de entorpecentes, entre maconha e oxi;
R$ 9 mil em espécie;
Um Revólver calibre 38;
21 munições de calibre 38 intactas;
Uma TV de LCD de 50 polegadas oriunda do tráfico de drogas;

Atuações:
Rosenil; Sheliam; Elane; Jeremias, e Felipe, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Além do tráfico de drogas, Elane também irá responder por posse de munições de uso permitido. Já Reuly foi autuado por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Por ser um crime afiançável, o delegado Rodrigo Torres, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, arbitrou fiança para Reuly, no valor de dois salários mínimos, que foi paga pelo homem e, após os trâmites da unidade policial, foi liberado para responder ao processo em liberdade.

Os outros cinco presos irão ficar custodiados na carceragem da delegacia de Manacapuru à disposição da Justiça.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + treze =