Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Economia

Parceria inédita pode levar serviços da CGL-AM para o interior do Estado

Os municípios do interior do Estado podem ganhar um importante aliado para superar as dificuldades que possuem para realizar licitações. Responsável, atualmente, apenas pelos certames do Poder Executivo Estadual, a Comissão Geral de Licitação do Estado do Amazonas (CGL-AM) pode fechar uma parceria para expandir seus serviços e conhecimentos na área para ajudar as prefeituras na hora de comprar produtos ou fazer contratações.
 
A parceria foi proposta pelo presidente da CGL-AM, Victor Cipriano, durante uma reunião realizada, na quinta-feira (1º/03), com o presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), João Campelo. Segundo Victor Cipriano, a iniciativa vai trazer mais transparência, economia, celeridade e segurança jurídica nos certames das prefeituras do Amazonas.
 
“Propomos essa parceria com o intuito de levar os serviços da CGL-AM para os municípios do interior do Estado, uma vez que as prefeituras não possuem tanto expertise para realizar as licitações. Essa parceria será uma forma de estreitar os laços entre o Governo do Estado e os municípios amazonenses”, declarou Victor Cipriano.
Iniciativa eficaz e positiva – Por sua vez, o presidente da AAM, João Campelo, avaliou que a parceria proposta pela CGL-AM é positiva e eficaz. Ele destacou que as prefeituras do interior possuem dificuldades para realizar licitações por conta do isolamento e a falta de recursos tecnológicos, ressaltando que a iniciativa vai aproximar mais o governo do Estado dos municípios amazonenses.
 
“Vamos fazer o máximo para fortalecer essa parceria entre a CGL/AM e a Associação dos Municípios do Amazonas, porque entendemos que essa cooperação é importante”, afirmou.
 
Transparência – João Campelo afirmou ainda que, além de trazer maior transparência aos processos licitatórios, essa parceria vai proporcionar mais conhecimento, pois o interior do Estado tem dificuldade de ter bons profissionais para executar os serviços públicos devido à logística.
 
“Geralmente, as pessoas qualificadas não querem atuar no interior do Estado, em especial, nos municípios mais isolados, onde não têm nem aeroportos. Quando encontramos esse tipo de parceria, ficamos felizes, pois vai ajudar a ter uma gestão pública mais eficaz nos municípios amazonenses, favorecendo a geração de empregos e renda no interior do Estado, que só tem a ganhar com essa parceria”, declarou o presidente da AAM. Uma nova reunião para tratar da parceria entre a CGL-AM e a AAM será realizada em data a ser ainda definida.
Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7 − 5 =