Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

No Amazonas, Secretaria de Educação promove ação para incentivar estudantes da rede pública estadual a discutirem a importância da preservação ambiental

Palestras, exposições temáticas e distribuição de mudas de plantas foram algumas das atividades que marcaram o encerramento da programação organizada pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Amazonas (Seduc), na manhã desta quinta-feira (07/06), em comemoração ao Dia do Meio Ambiente. O evento, que teve como tema “Acabe com a poluição plástica”, foi realizado no auditório do atual Centro Cultural Aníbal Beça (que era denominado Thiago de Melo e teve o nome trocado em obediência a um decreto que proíbe o uso do nome de pessoas vivas em prédios e logradouros públicos) localizado na zona leste de Manaus, e contou com a participação de estudantes do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire, da mesma área da cidade, que tiveram a oportunidade de participar de uma série de ações alusivas à data. Além da programação desta manhã, estudantes e professores das escolas públicas estaduais da capital e do interior discutiram, nesta semana, a importância da preservação do meio ambiente e dos cuidados que, individualmente, podem ser adotados para minimizar os impactos da degradação. O diretor do Centro Cultural Aníbal Beça, professor Raimundo Rodrigues, explicou que o evento é importante e que mobiliza toda a comunidade escolar. “Hoje comemoramos um dia especial, uma semana especial, porque, quando se fala do meio ambiente, a importância é muito grande, não só para os nossos alunos que estão participando aqui, mas para toda a comunidade escolar”, afirmou Rodrigues. Exposição – O evento foi marcado ainda pela exposição de desenhos sobre a temática do meio ambiente produzidos por estudantes do ensino fundamental do Ceti Elisa Bessa, além de apresentações culturais e a exposição de telas do pintor amazonense Cássio Silva. Segundo o artista, as telas trazem uma reflexão acerca do que a população está fazendo para a preservação do meio ambiente. “Todos os cientistas falam que tem que ter uma conscientização. A gente tem que estar consciente do que está acontecendo. Se você observar, o povo está distraído. Essas telas têm detalhes que fazem você refletir, colocar o pé no chão e pensar sobre o que estou fazendo do meu país, da minha cidade, será que eu estou cuidando?”, disse Silva. O estudante do 7º ano do ensino fundamental do Ceti Elisa Bessa, Sávio Seixas da Silva, de 12 anos, participou das atividades nesta manhã e afirmou considerar muito relevante a discussão do tema. “Penso que essa atividade serve para conscientizar as pessoas a fazerem boas atitudes para a preservação do meio ambiente”, explicou o aluno.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.