Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manchete

MPAM investiga paralisação de obras de unidade hospitalar em Manicoré

A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira, 1, no Diário Oficial do MPAM.
Foto: Divulgação

 

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), instaurou Inquérito Civil (IC), para investigar prática de irregularidades e ilegalidades quanto à paralisação das obras do SPA de Santo Antônio do Matupi em Manicoré, a 331 quilômetros de Manaus.

A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira, 1, no Diário Oficial do MPAM. O documento tem assinatura do promotor de Justiça Vinícius Ribeiro De Souza.

O promotor considerou que se torna indispensável apurar a suposta inexecução contratual e o consequente atraso excessivo nas obras, requisitando elementos para verificar a possível extensão do dano ao erário, assim como as responsabilidades, caso constatadas.

O MPAM instaurou o Inquérito Civil e determinou que envie ao Ministério Público, toda a documentação referente ao estudo preliminar, licitação, construção, fiscalização e pagamentos concernentes ao Contrato n° 012/2014- SUSAM (Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas), celebrado entre o Estado do Amazonas, por intermédio da SUSAM, com a Empresa PLASTIFLEX Empreendimentos da Amazônia LTDA, no valor inicial de R$ 4.604.750,49, tendo por objeto a construção do SPA de Santo Antônio do Matupi.

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 − um =