Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Política

Interceptação telefônica na ‘Maus Caminhos’ mostra deputado Sabá Reis consultando Raul Zaidan sobre eleições

Uma ligação telefônica interceptada pela Polícia Federal (PF), durante as investigações da operação ‘Maus Caminhos’, mostra o deputado estadual Sabá Reis (PR), realizando uma consulta sobre questões política, no que diz respeito, as eleições suplementares para escolha do novo governador do Amazonas, com o ex-secretário da Casa Civil, Raul Zaidan. O ex-secretário é suspeito de participar de um esquema fraudulento que desviou milhões da saúde.

Na conversa, o deputado fala sobre as lideranças políticas que buscam disputar a vaga deixada pelo ex-governador cassado, José Melo de Oliveira (Pros), preso em dezembro pela PF, suspeito de comandar uma quadrilha que desviou milhões da saúde do Amazonas.

Sabá Reis pergunta sobre a viabilidade do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), deputado David Almeida (PSD), concorrer ao pleito junto com a ex-superintendente da Suframa, Rebecca Garcia (PP). Na conversa, o parlamenta ressaltou o convite do atual governador, Amazonino Mendes (PDT), para compor a chapa, na época.

Disputado

Durante a conversa, o ex-secretário da Casa Civil, informou que todos os candidatos que concorriam ao cargo no governo estadual, na época, o procuraram, mas, preferiu ficar na dele, sem ficar de mal com nenhum dos candidatos, na qual mantinha uma relação próxima.

 

OUÇA O ÁUDIO

SABÁ REIS 18846540

 

Leia como ocorreu a conversa

ÍNDICE: 18846540

Operação: CUSTO POLITICO

Nome do Alvo: RAUL

Data: 18/06/2017

Horário: 11:02:51

Observações: #DGV @RAUL X SABA – FALAM DE POLITICA

Transcrição:

SABÁ: Meu irmão, depois desses longos dias que a gente tá sem se falar, seu amigo pegou uma dengue há uns cinco dias lá em Parintins… (Tosse)… Nesse desdobramento todo aí que tá tendo das coisas, que hoje é de um jeito amanhã é de outro, você deve estar vendo tudo muito de perto e eu estou te ligando pra te fazer uma consulta.

RAUL: Pois não meu amigo.

SABÁ: Eh… O DAVID declarou publicamente que o, até eu acho que ele não deveria ter feito a forma que fez, que foi convidado a renunciar interinidade pra serviço do AMAZONINO, o que é a parte que eu acho que não deveria ter feito, que ele respondeu com uma gargalhada, entendeu?! Bom mas isso já passou. O DAVID vai monta uma chapa REBECA, REBECA e ABDALA, ainda existe a possibilidade do DAVID se tornar candidato viu RAUL por conta de que as coisas só fecharão amanhã, tu entendeste?!

RAUL: É, amanhã 19:00 horas só.

SABÁ: Bom, deixa eu lhe fazer uma consulta que é do seu metiê, se valia pro DAVID renunciar pra ser candidato o fato do ABDALA ser ordenador de despesa da Assembleia hoje como presidente não o obriga a se afastar dessa incumbência?

RAUL: Tem… Tem (INAUDÍVEL) julgados com a jurisprudência favorável com relação a chefias de legislativo SABÁ, não no caso do DAVID, o caso do DAVID é inusitado, né, é novo. O do, o do ABDALA tem vários julgados de chefe de legislativo poder se candidatar sem se desincompatibilizar do cargo, existe julgado.

SABÁ: Será que aqui com essa nossa justiça não era mais prudente ele fazer um “expedientezinho” interno e nesse período eleitoral se resguardando, se afastar da, da incumbência do exercício da presidência?! Qual é sua opinião?

RAUL: Rapaz, ele tem vinte, ele teria vinte e quatro horas pra fazer isso em caso de desincompatibilização né.

SABÁ: Até amanhã né?!

RAUL: Não, a partir, é até o final do prazo, sim… Final do prazo das convenções, dia 16, ele teria que desincompatibilizar do cargo sábado não tem expediente, poderia ser amanhã. De qualquer forma se ele julgar isso oportuno eu faria com data de ontem né, é porque não teve expediente na Assembleia nem nada.

SABÁ: DAVID, o o o RAUL eu to te ligando, é eu to aqui em casa porque eu to ruim pra caralho desse negócio to querendo ver se vou amanhã fazer uma consulta pra ver, que eu tava meio que com o corpo todo cheio de pinta, ai minha mulher disse é dengue. A dor na cabeça, em baixo do olho e tal… Os sintomas né…

RAUL: É… é clássico.

SABÁ: Ai eu acho que pelo meio disso eu já to meio gripado, que eu to espirrando pra caralho, e matutando aqui me lembrei dessas fases do DAVID, dessa questão, acho que seria mais prudente pro grandão se resguardar mantida a chapa, porque eu acho que ainda pode dar uma chapa DAVID e REBECA viu.

RAUL: Vi… A REBECA parece que pegou, na classe média pegou esse negócio da REBECA ai, eu tenho sentido isso.

SABÁ: Ser candidata?

RAUL: É. Eu ouvi isso de pessoas com quem eu convivo e tal, a mulherada, tá um negócio esquisito rapaz, eu não acreditava muito mas…

SABÁ: Uhm… Eu acho que tem pouco tempo sabe RAUL, pra, pra, essa eleição pelo que tá ai postado até agora, vai ter muito, muita disputa em Manaus né…

RAUL: É…

SABÁ: Agora pro interior já depende muito de estrutura, de referencias né, essas coisas todas, o pessoal no interior.

RAUL: As bases de vocês são muito importantes né?

SABÁ: Como?

RAUL: As bases de vocês deputados são muito importantes.

SABÁ: Não, e assim RAUL, é é é… Eu vi essa questão eleitoral agora lá em Autazes, o ANDRESON tinha um vice que tinha três balsas daquelas de carregar gado que no dia, na vez carregou gente tu entendeu? O TADEU que tava com ele que tinha sido o vice do WANDERLAN tinha esse mesmo tipo de balsa, então no interior a estrutura é fundamental num é bicho, pro cara vir, ainda mais numa eleição dessa, tu entendeste?

RAUL: Sabá olha, se for seguir ao pé da letra o ABDALA teria 24 horas após a aprovação do nome dele em convenção, né o prazo é… ontem não teve expediente, ele pode fazer um expediente lá na Assembleia, não tem problema nenhum… Agora que viu ser julgado é, Brasil a fora aí que chefe do legislativo não precisa se desincompatibilizar existe, tem jurisprudência disso, mas por cautela, vocês é que sabem, eu não sei, é uma decisão interna de vocês aí.

SABÁ: (Tosse). Deixa eu te dizer, eu fiquei numa situação delicada né com o ALFREDO botando o MARCELO de vice do EDUARDO né… E…

RAUL: Eu imaginei…

SABÁ: E… Essa situação aqui eu já tive uma conversa com o DAVID, é, é pra gente não se precipitar em nada, tu tá me entendendo? Porque eu tava disposto a dizer DAVID tá aqui, eu não posso ficar na liderança do governo desse jeito, tu entendeu RAUL?

RAUL: É… Fica ruim né.

SABÁ: Fica ruim… Até porque no dia que o MARCELO foi definir é, que aceitaria ser vice do EDUARDO ele conversou comigo e com o DAVID e nós dissemos pra ele ir lá e aceitar ser vice do EDUARDO tu entendeste? Porque RAUL nesse (INAUDÍVEL) hoje o DAVID fechou as portas foi com o OMAR né.

RAUL: É

SABÁ: E esse po, então ele não pode fechar todas as portas, nunca vi político fechar tudo né.

RAUL: Ai fica sem saída.

SABÁ: Você tá entendendo?! Então ele não pode porque a REBECA pode dar uma emplacada e ai pode mandar porra, tu entendeste? A situação dele, a situação dele e do DAVID, situação boa e tal nesses dias, te te te, pa pa pa… Eu acho que sair uma chapa ele e ela, ele de cabeça e ela de vice eu acho que dá uma, um caldo legal tu entendeu?

RAUL: Pode dar… Pode dar.

SABÁ: Agora ninguém brinque não porque o EDUARDO é forte viu o, o RAUL.

RAUL: Eu sei disso…

SABÁ: Mesmo com Lava Jato, o caralho tu me entendeu?

RAUL: Não… Ele não brinca, ele não brinca em serviço, ele é profissional, ele não brinca não.

SABÁ: E ai tu sabe que essa eleição pra ele é vida ou morte né?

RAUL: É… É uma situação… Eu nunca tinha visto nada parecido aqui acho que nem você.

SABÁ: Ninguém.

RAUL: Nada, nada, nada… Uma coisa assim tão aguerrida… Tão… Nunca… Nunca.

SABÁ: Eu soube que o OMAR já andou se desentendendo com o AMAZONINO entendeu?

RAUL: Eu to… Eu to muito afastado SABÁ, eu não… Eles me procuraram… Todo mundo me procurou… Eu aconselhei, mas ah, do meu jeito, da minha forma isenta né. Me procuraram pra fazer a prestação de contas eu deixei assim aberto mas não, não fechei nada com ninguém. To esperando, a gente não sabe o que vai acontecer e talvez seja de bom tom eu ficar distante disso, distante que eu digo não amarrado profissionalmente com ninguém, né… Em que pese abrir mão de honorários tudo mais, mas nessa altura do campeonato eu não sei se seria interessante eu ter contrato firmado, nem que seja pra prestação de contas, que não tem impacto nenhum é meramente burocrático, mas eu to pensando muito nisso ainda.

SABÁ: Sei… Agora na sua opinião, independente de ter julgado outras coisas ai no país a fora, eu acho que para o ABDALA seria um sobressalto porra, conversa com DELÃO, DELÃO assumiria o (INAUDÍVEL) sem maiores problemas tu entendeste?

RAUL: É por cautela, pra não ter erro eu abriria mão, mas eu não posso dizer isso pra ele, pra você eu posso que é meu irmão, agora pro ABDALA eu não tenho esse nível de intimidade e ele não me consultou.

SABÁ: Tá… Mas cabe né por cautela, ele…

RAUL: Cabe, pra seguir a lei a risca, 24 horas, se desincompatibiliza do cargo, se quiser ficar no cargo vai ter que se agarrar na jurisprudência que diz que chefia do legislativo não precisa desincompatibilizar. Ai você sabe como é… Hoje a gente não sabe qual é o resultado em nenhum tribunal do país.

SABÁ: Ainda mais aqui, do jeito que as coisas… RAUL vambora essa semana como é que fica pra gente ter uma noção de como é que se agasalhou essas composições todas ai né.

RAUL: A gente só vai ter certeza de chapas firmadas mesmo amanhã até o final do dia, até 19 horas.

SABÁ: É…

RAUL: Até lá… A gente já viu tanta coisa… (INAUDÍVEL) acontecer muita coisa.

SABÁ: Tá RAULZITO então um abraça querido, qualquer coisa eu vou te ligar tá?!

RAUL: Tá bom amigo.

SABÁ: Valeu.

RAUL: Um abraço.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − 12 =