Governo prorroga por 180 dias ação da Força Nacional em programa de combate à violência em cinco estados

Governo prorroga por 180 dias ação da Força Nacional em programa de combate à violência em cinco estados

Por G1

O governo prorrogou a permanência da Força Nacional por mais 180 dias em cinco estados que recebem o programa “Em Frente, Brasil”, lançado pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro em agosto do ano passado, com o objetivo de reduzir a violência em locais considerados estratégicos.

As ações ocorrem em Goiás, Pará, Espírito Santo, Pernambuco e Paraná. Quando o programa foi lançado, o governo explicou que a primeira fase ocorreria em um estado de cada região do país.

O trabalho se concentra na repressão aos homicídios dolosos (com intenção de matar), mas o governo espera reduzir índices de outros crimes considerados violentos, como: feminicídios, estupros, extorsão mediante sequestro, latrocínio, roubo à mão armada.

A ação da Força Nacional é realizada em parceria com as polícias locais, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, bombeiros e Departamento Penitenciário Nacional.

De acordo com o governo, o programa tem quatro eixos:

Foco territorial: levantamento de estatísticas sobre crimes violentos apontará áreas geográficas específicas para as ações.

Repressão qualificada: ação policial orientada por planos “pontuais” para desarticular grupos criminosos, identificar “suspeitos contumazes” e combater crimes.

Prevenção socioeconômica: ações às populações das cidades nas áreas de educação, esporte, lazer, saúde e outros.

Governança e gestão: gerenciamento do programa, com o controle e monitoramento das ações planejadas e especificadas por meio de indicadores e metas em cada uma das áreas.