Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manchete

Eduardo Braga rebate matéria do BNC sobre ‘Lava Jato’

O senador classificou a publicação como sendo tendenciosa, irresponsável e criminosa

Da redação 

O senador Eduardo Braga (MDB) rebateu a matéria “Lava Jato quebra sigilo da Rico e já sabe dos R$ 6 milhões de Braga”, publicada no blog BNC. O parlamentar chamou a matéria de sensacionalista e irresponsável e prometeu acionar a justiça por conta do material online.

 

Leia a nota

Nota Oficial em resposta à publicação tendenciosa, irresponsável e criminosa do blog BNC.

A defesa do Senador Eduardo Braga:

A matéria “Lava Jato quebra sigilo da Rico e já sabe dos R$ 6 milhões de Braga”, publicada no blog BNC, é tão irresponsável quanto criminosa.

Afirma, em seu título, que o Senador Eduardo Braga recebeu a referida quantia, sem citar, porém, a fonte da informação. Vale-se apenas da expressão “informações que circulam nos bastidores” , uma velha estratégia para iludir os leitores.

Não se pode qualificar a matéria como digno jornalismo. Trata-se de pura leviandade com o objetivo de atingir, covardemente, a reputação de um homem público.

Aos promotores do BNC, pergunta-se: o que justifica um título tão sensacionalista se não foi apresentada nenhuma prova? Quem disse, agora, que o Senador recebeu o referido valor? Qual a prova de tal afirmação? Por que o blog não divulga a forma como obteve informações sigilosas (quebra de sigilo bancário), se é que as obteve? Por que o blog não cita as fontes ou os documentos que comprovariam minimamente tais conclusões?

Mais uma vez, o nome de Eduardo Braga é alvo de acusações infundadas, sem provas materiais. Isso tem sido prática recorrente no blog BNC, que será chamado a responder na Justiça pelos danos dolosamente provocados à imagem e honra do Senador, ferindo todos os princípios da ética jornalística.

Com afirmado desde o início, o Senador Eduardo Braga jamais tratou de questões de financiamento eleitoral com a empresa Rico Taxi Aéreo.

Continuamos acreditando na Justiça e apoiando toda e qualquer investigação, que certamente reporá a verdade dos fatos.

Fabiano Silveira
OAB/DF 31.440

 

Foto: Divulgação

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + sete =