Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Política

‘É o único caso na história política de oposição a si mesmo’, diz Ramos sobre Bolsonaro 

“Vamos ver o que é valentia de redes e o que é vontade efetiva de reduzir os preços", acrescentou  Marcelo Ramos.

O deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM) criticou o posicionamento do presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (PL), sobre a Petrobras, na manhã  desta sexta-feira, 17, na rede social Twitter.

“Essa questão da Petrobras seria engraçada se não fosse trágica. Um cinismo sem fim. O governo e os apoiadores do governo fazendo oposição a política do governo e atacando o presidente da Petrobras indicado pelo governo. É o único caso na história política de oposição a si mesmo”, destacou o deputado federal.

Ramos afirma que estudou alterações na Lei das das Sociedades por Ações (SAs) e na Lei de Responsabilidade das Estatais para permitir maior flexibilidade no Preço de Paridade Internacional que é uma mera decisão administrativa da Petrobras.

“Vamos ver o que é valentia de redes e o que é vontade efetiva de reduzir os preços”, acrescentou  Marcelo Ramos.

Petrobras 

A Petróleo Brasileiro S.A. é uma empresa de capital aberto, cujo acionista majoritário é o governo do Brasil, sendo assim uma empresa estatal de economia mista.

‘mergulha num caos’

Bolsonaro disse, também no Twitter, que a Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos. “Seus presidente, diretores e conselheiros bem sabem do que aconteceu com a greve dos caminhoneiros em 2018, e as consequências nefastas para a economia do Brasil e a vida do nosso povo”, disse o presidente do Brasil.

O presidente do Brasil relatou que o governo federal como acionista é contra qualquer reajuste nos combustíveis. “não só pelo exagerado lucro da Petrobras em plena crise mundial, bem como pelo interesse público previsto na Lei das Estatais”, afirmou Bolsonaro.

 

Foto: Divulgação

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 − 17 =