Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manchete

Desembargador manda soltar advogado Lino Chíxaro do CDPM2

O desembargador entendeu que houve ausência de requisitos da prisão temporária.

Da Redação 

 

O desembargador Federal Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal, em Brasília, mandou soltar o advogado e ex-deputado estadual Lino Chíxaro, nesta quarta-feira (17), do Centro de Detenção Provisória II (CDPM2). Ele foi liberado por volta das 9h, segundo informou a Seap.

A decisão do desembargador foi tomada no mesmo dia em que a juíza Ana Paula Serizawa, da 4º Vara Federal do Amazonas, determinou a prorrogação da prisão temporária de Lino, e de outros envolvidos na operação “Cashback”, que investiga uma quadrilha que desviou milhões da saúde do Amazonas.
Para tomar a decisão o desembargador entendeu que houve — ausência de requisitos da prisão temporária —, “concedo a liminar, para determinar a imediata liberdade do paciente, se por outro motivo não estiver preso.

Oficie-se a autoridade apontada coatora, para imediato cumprimento e para que preste informações em cinco dias. Após, colha-se a manifestação do órgão do Ministério Público Federal nesta Instância”, intimou o desembargador.

Foto: Divulgação

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − sete =