Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

‘Coração está em pedaços’, diz mãe de jovem morto por causa de boné

Wesley Caetano foi morto em assalto na Grande São Paulo. Mãe relatou que se mudou para os EUA para fugir da insegurança
REPRODUÇÃO/RECORD TV

A mãe de Wesley Caetano, jovem morto por causa de um boné durante assalto ocorrido na segunda-feira (13), na Grande São Paulo, afirma que seu coração está “em pedaços”. “Meu filho levou um pedaço de mim. Eu não sei como vou continuar, como vou prosseguir”, afirmou Priscila Caetano, em entrevista ao Cidade Alerta.

O jovem de 23 anos foi morto quando chegava em casa, no Parque Jandaia, em Itapecerica da Serra, após um dia de trabalho. Ele foi abordado por um homem numa moto, que pediu o boné de grife usado por Wesley. O assaltante tomou o boné, e a vítima esboçou uma reação, segundo a polícia. Neste momento, o criminoso disparou.

O rapaz trabalhava como segurança e era conhecido na região por ser jogador de futebol de várzea – ele atuava pelo Madruga Futebol Clube.

Priscila Caetano relatou que se mudou para os Estados Unidos por causa da insegurança. Ela foi assaltada duas vezes em Itapecerica da Serra, sendo uma delas por quatro criminosos. A mãe da vítima conta ainda que tinha planos de levar o filho para os Estados Unidos.

“A gente só quer trabalhar dignamente e viver, e a gente não consegue porque está demais a violência”, relata.

 

 Protesto

Na tarde desta quarta-feira (15), um protesto pela morte chegou a gerar 8 km de congestionamento no Trecho Sul do Rodoanel, em Itapecerica da Serra. O bloqueio ocorria no km 45,5. Pouco depois, os manifestantes deixaram o Rodoanel e se deslocaram para uma via de menor fluxo.

A polícia investiga o caso e busca imagens de câmeras de segurança que possam auxiliar na identificação do assassino.

 

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6 − 5 =