Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Dia a Dia

Chapeiro morto durante ataque em lanchonete em Manaus não era alvo de pistoleiros

Segundo a polícia, os pistoleiros que abriram fogo no local queriam executar um homem e a mãe dele que lanchavam no estabelecimento, mas ele conseguiu sair ileso.
Foto: Divulgação

Manaus/AM – O chapeiro Elias Machado de Jesus, de 19 anos, morto em um ataque ocorrido na lanchonete onde ele trabalhava no bairro Chapada, era inocente e não era o alvo dos criminosos.

Segundo a polícia, os pistoleiros que abriram fogo no local queriam executar um homem e a mãe dele que lanchavam no estabelecimento, mas ele conseguiu sair ileso.

A mulher foi baleada e segue internada em um hospital. Elias, por sua vez, ainda tentou correr durante os disparos, mas foi atingido duas vezes nas costas e não resistiu.

Segundo a polícia, os filhos da mulher ferida já têm passagens pela polícia e já foram alvos de outros atentados. No ano de 2021, uma irmã do alvo foi sequestrada no bairro Chapada e horas depois foi encontrada morta com sinais de tortura no bairro Ponta Negra, na zona Oeste.

A policia diz que Elias morreu inocentemente enquanto trabalhava e que não tem nenhuma ligação com o mundo do crime. As investigações para prender os suspeitos do crime seguem em andamento.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 + 19 =