Siga nas Redes Sociais

Olá, o que procuras?

Manchete

BTG/FSB: Lula tem 41%, e vantagem para Bolsonaro oscila 2 pontos para baixo

Em relação à sondagem da semana passada, o ex-presidente oscilou um ponto para baixo.
Imagem: Ricardo Stuckert Clauber e Cleber Caetano/PR

Pesquisa do Instituto FSB realizada por telefone, contratada pelo banco BTG Pactual e divulgada hoje, aponta que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança da corrida à Presidência, com 41% das intenções de voto na pesquisa estimulada —quando o entrevistado recebe uma lista com os nomes dos candidatos. Em relação à sondagem da semana passada, o ex-presidente oscilou um ponto para baixo.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) oscilou um ponto para cima, de 34% para 35%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Com isso, a vantagem de Lula sobre Bolsonaro é de seis pontos, dois a menos do que o registrado há uma semana —uma variação dentro da margem de erro.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) oscilou um ponto para cima e ficou com 9%. A senadora Simone Tebet (MDB) também flutuou um ponto para cima e está com 7%. Considerando a margem de erro, Ciro e Tebet estão tecnicamente empatados.

A senadora Soraya Thronicke (União Brasil) ficou estável com 1% e o cientista político Luiz Felipe D’Avila (Novo) oscilou de 0% para 1%. Os demais candidatos somaram, juntos, 1%.

Os entrevistados que disseram que não votariam em nenhum candidato foram 3%; brancos e nulos, 2%; e não sabem ou não responderam, 1%.

O Instituto FSB ouviu 2 mil eleitores por telefone entre 9 e 11 de setembro. O índice de confiança do levantamento é de 95%. A pesquisa custou R$ 128.957,83 e foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-06321/2022.

Pesquisa estimulada: vantagem de Lula sobre Bolsonaro oscila de oito para seis pontos, dentro da margem de erro:

  • Lula (PT): 41%
  • Jair Bolsonaro (PL): 35%
  • Ciro Gomes (PDT): 9%
  • Simone Tebet (MDB): 7%
  • Luiz Felipe D’Avila (Novo): 1%
  • Soraya Thronicke (União Brasil): 1%
  • Nenhum: 3%
  • Branco/nulo: 2%
  • Não sabe/não respondeu: 1%

Essa foi a primeira pesquisa em que Padre Kelmon (PTB) aparece no lugar do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), que teve a candidatura barrada pelo TSE. Nessa sondagem, também não consta mais o nome do empresário Pablo Marçal, que teve a candidatura retirada pelo Pros.

Pesquisa espontânea: Lula oscila um ponto para baixo; Bolsonaro fica estável

O Instituto FSB também fez um levantamento das respostas espontâneas, quando os entrevistados não recebem uma lista prévia de candidatos.

Nesse cenário, Lula oscilou um ponto para baixo, de 40% para 39%. Bolsonaro ficou estável com 33%.

Ciro oscilou um ponto para cima e registrou 6%, enquanto Tebet oscilou dois para cima, chegando a 5%.

  • Lula (PT): 39%
  • Jair Bolsonaro (PL): 33%
  • Ciro Gomes (PDT): 6%
  • Simone Tebet (MDB): 5%
  • Luiz Felipe D’Avila (Novo): 0%
  • Soraya Thronicke (União Brasil): 0%
  • José Maria Eymael (DC): 0%
  • Vera Lucia (PSTU): 0%
  • Leonardo Péricles (UP): 0%
  • Padre Kelmon (PTB): 0%
  • Outros: 1%
  • Nenhum: 3%
  • Branco/nulo: 3%
  • Não sabe/não respondeu: 8%

Segundo turno

A pesquisa BTG/FSB projetou cinco cenários para o segundo turno. Lula venceria Jair Bolsonaro, Ciro Gomes e Simone Tebet; já Bolsonaro perderia para Ciro e Tebet.

Lula x Bolsonaro

Na disputa entre Lula e Bolsonaro, os dois oscilaram dois pontos para baixo. Enquanto o ex-presidente registrou 51%, o atual chefe do Executivo pontuou 38%.

  • Lula (PT): 51%
  • Jair Bolsonaro (PL): 38%
  • Não voto: 10%
  • Indecisos: 1%

Lula x Ciro

Lula e Ciro ficaram estáveis em um confronto direto, com o petista registrando 46%, e o ex-ministro, 35%.

  • Lula (PT): 46%
  • Ciro Gomes (PDT): 35%
  • Não voto: 18%
  • Indecisos: 1%

Lula x Tebet

Contra Tebet, Lula ficou estável com 48%. A senadora oscilou dois pontos para cima.

  • Lula (PT): 48%
  • Simone Tebet (MDB): 34%
  • Não voto: 17%
  • Indecisos: 1%

Bolsonaro x Ciro

Na disputa entre Ciro e Bolsonaro, o ex-ministro oscilou um para cima, enquanto o ex-presidente flutuou um para baixo.

  • Ciro Gomes (PDT): 50%
  • Jair Bolsonaro (PL): 38%
  • Não voto: 10%
  • Indecisos: 1%

Bolsonaro x Tebet

Contra Bolsonaro, Tebet oscilou dois pontos para cima. O presidente ficou estável.

  • Tebet (MDB): 48%
  • Jair Bolsonaro (PL): 40%
  • Não voto: 10%
  • Indecisos: 1%

Sobre o instituto

A FSB Pesquisa é um instituto fundado em 2008 e ligado ao grupo FSB Comunicação, que presta serviços a empresas e órgãos públicos. A empresa realiza levantamentos sobre intenções de voto para presidente desde a eleição de 2010. Essas pesquisas são realizadas principalmente por meio de entrevistas com eleitores feitas por telefone por operadores treinados.

Clique para comentar

Envie seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × quatro =