Braga desiste e Simone Tebet deve ser candidata à presidência do Senado

Braga desiste e Simone Tebet deve ser candidata à presidência do Senado

Da redação 

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) deve ser a candidata do partido à presidência do Senado. O senador Dário Berger (MDB-SC) disse ao Poder360 que o líder da bancada, Eduardo Braga (AM), comunicou nesta 3ª feira (12) que abrirá mão de sua candidatura e apoiará Tebet como nome único do partido. A eleição será em 1º de fevereiro.

O anúncio do nome de Tebet deve ser feito até o fim do dia, depois de reunião da bancada, na qual a escolha da candidata deve ser sacramentada. A impressão entre os emedebistas é de que a senadora, que é presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), tem mais potencial para angariar votos fora do partido.

O MDB, que é a maior bancada do Senado com 13 nomes, anunciou em dezembro que teria candidato único à eleição. Tebet chegou a disputar o apoio da sigla com outros 3 colegas, mas, segundo o senador Renan Calheiros (MDB-AL), a disputa final estava entre ela e Braga.

Tradicionalmente, o presidente do Senado é da maior bancada. Para que isso não ocorra, são necessárias condições muito específicas, como as vistas na eleição próprio Alcolumbre, em 2019. Na ocasião, o MDB rachou em torno de Renan Calheiros e Simone Tebet e acabou optando pelo senador alagoano.

 

Com informações do Poder 360

Deixe uma resposta