Amazônia recebe a Semana da Indústria 4.0

Amazônia recebe a Semana da Indústria 4.0

Da redação 

Com mais de 7h30min de duração, em cinco dias, mais de 20 palestrantes e painelistas discutem temas relacionados à Indústria 4.0. e seus impactos na região em evento on-line de lançamento do Programa Prioritário de Indústria 4.0 e Modernização Industrial (PPI4.0).

O ecossistema de inovação da Amazônia Ocidental recebe, entre os dias 24 a 28 de agosto, a Semana da Indústria 4.0, promovida pelo CITS. Amazonas como parte das ações de lançamento do Programa Prioritário de Indústria 4.0 e Modernização Industrial.

O tema é Aceleração da Transformação Digital no ecossistema da Amazônia Ocidental e será dividido em 5 eixos principais: a Indústria 4.0 e seu poder de transformação; tecnologias habilitadoras; desafios de se fazer PD&I na Amazônia; Liderança, Competências e habilidades 4.0; e, Novos Negócios & Investimentos.
A série de webinars tem como estratégia principal envolver todo o ecossistema local de inovação em um evento master, com participação ativa dos principais stakeholders, como SUFRAMA, empresas, institutos de pesquisa, academia, startups, além de órgãos de fomento. “Entendemos que o PPI4.0 é um projeto de todo o ecossistema e, para seu lançamento, priorizamos ter toda a cadeia de inovação envolvida, por isso, os eventos online e não presencial”, explica Rafael de Tarso, Gerente de Inovação e Novos Negócios do CITS.

Exceto o webinar de lançamento oficial do Programa Prioritário de Indústria 4.0 e Modernização Industrial (PPI4.0), no dia 24, a programação é dividida em dois blocos: o Inspiration talk, com uma palestra magna de inspiração de grandes empresas brasileiras que estão mais avançadas na implementação da transformação digital, como Bosch, Flex e Electrolux, além de estudos recentes sobre skills necessários para este novo mundo e as tecnologias habilitadoras deste modelo; e o Ecosystem talks, uma rodada debates envolvendo profissionais da região, de empresas, institutos, academia, startups entre outros que, com suas experiências, promovam uma discussão sadia de como fomentar a cadeia de inovação e transformação digital na Amazônia Ocidental.

A apresentação do Programa Prioritário de Indústria 4.0 e Modernização Industrial (PPI4.0) será feita por Leopoldo Montenegro, da SUFRAMA, e Rafael de Tarso, do CITS. O PPI 4.0 tem como objetivo tornar a região da Amazônia ocidental/Amapá referência nacional em Indústria 4.0, com um ecossistema de inovação e empreendedorismo articulado e ativo, capaz de promover o aumento da produtividade e da competitividade regional de forma sustentável.

O evento contará, ainda, com palestrantes como Fernando Borer, da Bosch e Antônio Mandalozzo, da Electrolux, que trarão suas experiências na implementação da Indústria 4.0 em suas empresas; um case da Flex Industries, no Amazonas, de implementação de Inteligência Artificial na produção, com professor Manuel Cardoso, da MAP; um estudo atual dos skills necessários para esta nova era, realizada pela Noélly Mercer, da Federação das Indústrias do Estado do Paraná; e, uma palestra sobre startups, investimentos e indústria 4.0, com Rafael Moreira, da Bertha Capital.

Os Ecosystem Talks serão riquíssimos com profissionais atuantes no Amazonas, como Vania Thaumaturgo, presidente da Associação do Polo Digital de Manaus e Head do Instituto Eldorado, Euler Guimarães, presidente do CODESE e CEO de startups, Jacqueline Freitas, do SIDIA, José Teixeira, da Denso, Expedito Belmont, da DriveOn, Prof. Sandro Breval, da UFAM, Luciana Minev, da Singulari, Prof. Fernando Moreira, da Fundação Muraki, profa. Olinda Marinho, da Faculdades Santa Teresa e da APEX, Túlio Silva, do ICTS, Carlos Koury, do IDESAN, Elaine Garcia, do INDT, Diônes Lima, da Softex, Rodrigo Silva, da FINEP, Fabíola Almeida, do SEBRAE, Augusto Rocha, da FIEAM.

 O QUE: SEMANA DA INDÚSTRIA 4.0 NA AMAZÔNIA – Aceleração da Transformação Digital no ecossistema da Amazônia Ocidental
 Data: 24 a 28 de agosto de 2020
 Horário: 10:30h às 12h MAO
 Local: Zoom e Canal do Youtube
 Mais informações https://www.ppi40.com/

SOBRE O PPI https://ppi40.cits.br/

O Programa Prioritário de Indústria 4.0 e Modernização Industrial – PPI4.0 é uma iniciativa para a gestão do ecossistema de inovação em suporte ao desenvolvimento industrial e ao empreendedorismo inovador na Amazônia Ocidental, financiado com os benefícios fiscais concedido a empresas que se enquadram na Lei n°8.387 de 1991 – Lei de informática.

Regulamentado pela Resolução nº 2, de 31 de março de 2020, no âmbito do COMITÊ DAS ATIVIDADES DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO NA AMAZÔNIA – CAPDA, institui que as empresas beneficiadas podem aportar verbas no PPI4.0 utilizando recursos incentivados oriundos dos investimentos em PD&I e em startups com projetos inovadores voltados ao desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação na região. “Em particular, o PPI4.0 visa o desenvolvimento e a difusão tecnológica, o estímulo ao progresso do capital humano e da cadeia produtiva, com a criação de novos negócios e a evolução das competências para a Transformação Digital e Indústria 4.0, contribuindo para o fortalecimento do ecossistema de inovação, com o aumento da cooperação entre instituições da Amazônia Ocidental/Amapá”, explica Rafael de Tarso.

Em termos específicos, objetiva-se:

I. Desenvolver pessoas: principalmente os profissionais que atuam nas indústrias e com tecnologia na região, formando competências em diferentes trilhas do conhecimento digital, em específico em tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0.

II. Digitalizar Negócios: apoiar a adoção de tecnologias que impactem os resultados das indústrias, acelerar a relação entre oportunidades tecnológicas, startups e modelos de negócio sustentáveis e exponenciais.

III. Criar Soluções Disruptivas: por meio da pesquisa, do desenvolvimento e da inovação gerar novas tecnologias e soluções para as indústrias que impactem o mercado.

IV. Democratizar o Conhecimento/Tecnologia: desenvolver projetos, articulados com políticas públicas, de democratização do acesso à tecnologia, a alfabetização digital e aceleração de projetos, de forma a disseminar o conceito de “cidadão digital” contextualizado e consciente da importância do uso da informação para melhoria da qualidade de vida da região.

 

SOBRE O CITS.AMAZONAS https://www.cits.br/

O CITS Amazonas é uma unidade integrante do CITS, fundada em 2009 com o propósito de fortalecer o sistema de inovação do Estado do Amazonas, bem como o plano de Desenvolvimento Industrial do Governo Federal para a região da Amazônia Ocidental. O CITS – Centro Internacional de Tecnologia de Software, fundado em Curitiba-PR no ano de 1992, é uma instituição integradora de Ensino, Pesquisa, Desenvolvimento e Negócios na área de Tecnologia da Informação, comprometido com a criação de produtos e serviços para clientes e comunidade. Juntos, desenvolvemos mais de 700 projetos de P&D, apoiando empresas de diversos setores como: Manufatura, Varejo, Bancário, Utilities (Energia), Educação, Telecom, Tecnologia da Informação (OEM / ODM), Healthcare (Saúde), além da formação anual de mais de 700 profissionais em cursos de capacitação continuada na área de TI.