Estudantes da UEA de Tefé fazem manifestação por falta de professores

Estudantes da UEA de Tefé fazem manifestação por falta de professores

Por Alessandra Souza

Estudantes do terceiro período de Letras da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), localizada no município de Tefé ( a 522 quilômetros de Manaus), realizaram nesta sexta-feira (23/08), manifestações na frente da unidade por falta de professores. O ato tem objetivo de chamar a atenção dos superiores para que venham resolver o problema, porém desde o início de agosto os alunos estão sendo prejudicados.

Os acadêmicos criaram cartazes com cartolinas com o nome da instituição, e outros que expressava “Educação é um direito”. Nissandra Rayne, estudante de Letras, 21, ressalta que a turma está desde o primeiro período sem professor da disciplina Latim. “Desde o primeiro período que era para estudarmos essa disciplina, porém apenas adiaram e agora no terceiro, não vai haver porque não tem professores”, declarou.

A informação que o Em Pauta Online recebeu até o momento, foi que o diretor do UEA de Tefé, Augusto Caxeixa, compreendeu as manifestações dos acadêmicos como necessária e legítima, e enfatizou que está recorrendo para resolver a situação. “Estamos mantendo contato com a reitoria. Infelizmente, três professores tiveram que se afastar, por motivos médicos, no qual tem direito. A dificuldade, de acordo com a reitoria, é que devido a lei de responsabilidade fiscal, o Estado não pode contratar nesse momento, mas acredito que até o final de semana, vamos ter uma solução para essa situação”, explicou Augusto Caxeixa.

Apesar de ter informado que seria resolvido até esse final de semana, os alunos relataram que nada foi resolvido.

 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *