Decisão do desembargador José Hamilton deve deixar Alejandro 30 dias preso

Decisão do desembargador José Hamilton deve deixar Alejandro 30 dias preso

Da Redação

A decisão do desembargador José Hamilton, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), determinou a prisão temporária de 30 dias do enteado do prefeito de Manaus, Alejandro Valeiko, conforme sentença publicada nesta segunda-feira (7).

José Hamilton, após analisar o processo, resolveu derrubar a decisão da desembargadora plantonista Joana Meirelles, que havia autorizado a prisão domiciliar do filho da primeira-dama do município, Elizabeth Valeiko.

Alejandro é suspeito de participar da morte do engenheiro Flávio Rodrigues.

Confia a decisão na integra aqui