Botijão de gás de 13 quilos terá reajuste nos próximos dias

Botijão de gás de 13 quilos terá reajuste nos próximos dias

Por Portal Tucumã

De acordo com o presidente da associação, José Luiz Rocha, o aumento no custo dos botijões vem na contramão do que foi adotado nas políticas de redução de preços que foram estabelecidas no país.

“Nesse momento em que diminui o preço dos botijões grandes – os industriais –, que é para equiparar com os pequenos – os de cozinha –, em vez de as distribuidoras baixarem os preços, elas estão subindo os valores dos botijões pequenos para equiparar com os grandes. Um processo inverso do que deveria ser feito, conforme havia sido estabelecido nas políticas de preços”, disse o presidente da associação.

José Rocha explicou que a justificativa para o aumento do preço de gás está relacionado com os reajustes salariais feitos pelas distribuidoras para seus colaboradores. “Entretanto, essa conta não fecha, se colocarmos 3% sobre os valores reais, esse reajuste só se justificaria se as distribuidoras estivessem aumentando entre R$ 3 ou R$ 4 mil para cada funcionário”, disse.

Segundo o presidente da associação, setembro é realmente o mês que as distribuidoras fazem os reajustes dos salários de seus colaboradores, mas, não existe a justificativa de colocar 3% sobre o faturamento.

José Rocha ressaltou que a Petrobras baixou o preço do gás industrial, mas, as revendas ainda não receberam os descontos “pelo contrário, acabaram recebendo aumentos no gás residencial”, ressaltou.

Uma pesquisa feita pelo Portal Tucumã nas revendas de gás em Manaus mostra que o preço do gás de 13 quilos custam em média R$ 72,80, com o reajuste, o botijão passará a custar R$ 74,30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *