Ataque com faca contra policiais deixa mortos no centro de Paris

Ataque com faca contra policiais deixa mortos no centro de Paris

Por G1

Um homem atacou policiais com uma faca na sede da polícia de Paris, na França, no início da tarde desta quinta-feira (3). De acordo com a prefeita Anne Hidalgo, vários policiais morreram.

O balanço oficial de vítimas ainda não foi divulgado. O jornal “Le Parisien” e TV BMF informaram que o agressor matou quatro pessoas antes de ser abatido.

As autoridades ainda não divulgaram a identidade das vítimas ou do agressor. Porém, de acordo com mídia local, o agressor era um funcionário do serviço de informática da sede da polícia, que fica no centro da capital francesa.

Homem mata quatro policiais a facadas em frente à sede da polícia de Paris

Homem mata quatro policiais a facadas em frente à sede da polícia de Paris

O secretário do sindicato Alliance Police, Loïc Travers, informou que ele trabalhava no setor administrativo havia 20 anos. “Era um funcionário, a priori, modelo, que não dava problemas”, afirmou.

Christophe Crépin, que é porta-voz do coletivo France Police- Policiers en Colère, afirmou que ele tinha problemas com sua chefe.

O intérprete Emery Siamandi, que estava dentro da sede da polícia na hora do ataque, contou que ouviu um tiro.

“Alguns instantes depois, eu vi policiais que choravam. Eles estavam em pânico”, declarou à AFP.

Um forte aparato de segurança foi montado na Île de la Cité, no centro de Paris onde fica a sede da polícia.

Um helicóptero foi acionado para socorrer as vítimas. A estação de metrô Cité, na linha 4, foi fechada por medida de segurança.

Polícia bloqueou a rua perto da prefeitura de polícia de Paris, nesta quinta-feira (3) — Foto: Martin Bureau / AFP

Polícia bloqueou a rua perto da prefeitura de polícia de Paris, nesta quinta-feira (3) — Foto: Martin Bureau / AFP

O presidente francês, Emmanuel Macron, foi ao local do incidente, de acordo com declaração divulgada pelo Palácio do Eliseu.

Os ministros do Interior Christophe Castaner, o primeiro-ministro Edouard Philippe e o procurador da república também foram ao local.

A prefeita de Paris se manifestou no Twitter após o ataque. “O balanço é pesado, vários policiais perderam a vida. Em meu nome e no dos parisienses, meus pensamentos vãos paras famílias das vítimas e seus entes queridos”.

Polícia e bombeiros franceses são fotografados na entrada da sede da polícia em Paris, na França, nesta quinta-feira (3) — Foto: Philippe Wojazer/ Reuters

Polícia e bombeiros franceses são fotografados na entrada da sede da polícia em Paris, na França, nesta quinta-feira (3) — Foto: Philippe Wojazer/ Reuters